Lexus coloca crossover hibrido ux 250h Image

NOTÍCIAS E EVENTOS

LEXUS COLOCA CROSSOVER HÍBRIDO UX 250h FRENTE-A-FRENTE COM O HÍBRIDO PIONEIRO, O SUV RX 400h

PUBLICADO EM: 23-10-2020

• 15 anos depois de ter sido lançado como o primeiro híbrido de luxo do mundo, o Lexus RX 400h ainda é considerado o ponto de viragem para a marca japonesa de automóveis de luxo
• Para assinalar este marco na eletrificação, a Lexus colocou o seu mais recente crossover híbrido, UX 250h de 4ª geração, ‘frente-a-frente’ com o seu pioneiro SUV híbrido, no Centro Técnico de Zaventem, na Bélgica
• Se, por um lado, o RX 400h exibe suavidade “saída de fábrica” e o refinamento do sistema de transmissão mesmo após 15 anos de uso intenso, o novo UX 250h redefine os padrões de eficiência híbrida e comportamento dinâmico.
  UX 250h RX 400h
Ano de lançamento 2020 2005
Potência 135 kW 200 kW
Consumo combinado de combustível* (l/100km) 5,3 8,1
Emissões CO2* (g/km) 102 192
*= WLTP (valores aproximados para o RX 400h)
“Ainda me lembro do quanto a potência e o desempenho do RX 400h me impressionaram, da primeira vez que conduzi um protótipo, perto de Nürburgring, na Alemanha. Ainda hoje, a sua aceleração linear, a potência V6 eletrificada e o seu silêncio são surpreendentes. No entanto, muita coisa mudou em 15 anos e, para mim, o UX 250h define um novo padrão entre os híbridos, com o seu estilo arrojado, manobragem afinada e Lexus Self-Charging Hybrid de 4ª geração. Em comparação com o RX 400h, oferece uma potência mais dinâmica e envolvente, e uma velocidade e uma rotação do motor mais bem combinadas do que nos híbridos Lexus anteriores”, explica Herwig Daenens, Technical Manager for Total Vehicle Evaluation and User Experience da Toyota Motor Europe.
INTRODUÇÃO
Para comemorar mais de 15 anos de liderança na eletrificação com a tecnologia “full-hybrid”, a Lexus colocou o seu mais recente crossover híbrido, UX 250h de 4ª geração, 'frente a frente' com o primeiro SUV híbrido Lexus, o pioneiro RX 400h. Tudo aconteceu no centro técnico e campo de testes da marca, em Zaventem, na Bélgica. A avaliação em pista foi realizada por Herwig Daenens, e a experiência na tecnologia híbrida foi facultada por Raf Schuermans, Técnico Sénior de motorizações avançadas da Lexus Europa.
1. DINÂMICA DE CONDUÇÃO
“O UX 250h espelha uma imensa melhoria na dinâmica de condução alcançada pela Lexus, desde 2005. Desenhado para o condutor europeu, com parte do trabalho de desenvolvimento realizado pelo Lexus R&D Center em Zaventem, foi incrivelmente divertido na pista. Isto deve-se, particularmente, à nova e super-rígida plataforma GA-C com baixo centro de gravidade, que resulta na redução do rolamento do chassis e na precisão da condução elétrica”, entusiasma-se Herwig Daenens
UX 250h oferece a dinâmica de um hatchback
Em condições quase perfeitas, no Campo de Testes Zaventem, enquanto o SUV de luxo RX 400h apresentava um refinado e impressionante desempenho, resposta de condução e estabilidade em linha reta, Herwig Daenens explicou como o UX 250h beneficiou de uma pessoa em particular: Akio Toyoda, Master Driver da Lexus que insiste que todos os novos Lexus devem ser “divertidos de conduzir”. Este ambicioso objetivo significava a criação de uma nova plataforma extremamente rígida como a base perfeita para uma dinâmica ao estilo hatchback do crossover híbrido
O centro de gravidade mais baixo da sua classe
Graças à sua nova plataforma e ao posicionamento da bateria híbrida, o UX 250h tem o centro de gravidade mais baixo da sua classe. Esta característica, central para o desempenho dinâmico do modelo, é complementada por medidas de redução de peso na construção da carroçaria, tais como alumínio leve para as portas laterais, para o guarda-lamas e para o capot.
2. TECNOLOGIA HÍBRIDA
Combinando a potência de um motor a gasolina com um ou mais motores elétricos, os Lexus “Self-Charging Hybrid” estabeleceram, desde sempre, a referência em eletrificação de automóveis de luxo. Como o nome indica, os híbridos Lexus carregam-se durante a condução, durante a desaceleração ou travagem, o que significa que os seus proprietários nunca precisam de os ligar à corrente. Agora na sua 4ª geração, para além de oferecer potência e controlo refinados, os híbridos de Lexus são mais eficientes e produzem consideravelmente menos emissões do que os motores convencionais a gasolina ou a diesel
RX 400h: O híbrido pioneiro
Coordenando a potência de um motor V6 a gasolina de 3,3 litros e motores elétricos dianteiros/traseiros, com o RX 400h, a Lexus tomou a iniciativa de se tornar o líder em motorizações eletrificadas. Cedo, lançou uma gama de “Full-hybrid” Lexus. Ao conduzir o RX 400h, Herwig Daenens foi-se lembrando do quão avançado era o primeiro híbrido de luxo e por que se provou ser um sucesso.
Um grande avanço na época foi a sua bateria híbrida de alta tensão, avaliada em 288 volts, contendo 30 células de 9,6 volts. Leve e compacta, está localizada sob o banco traseiro. Comparado com o RX 300 movido a gasolina, o RX 400h oferecia aos condutores de SUVs de luxo uma melhoria geral substancial de 33% no consumo de combustível, com massivos 67% na cidade, ao mesmo tempo que assumiu um papel pioneiro, ao apresentar a eletrificação aos proprietários de Lexus, sem a ansiedade da autonomia, sem as preocupações com o carregamento ou um compromisso em termos de habitabilidade.
Engenharia híbrida avançada e livre de manutenção
Na pista de testes, o RX 400h ainda se conduz com a mesma suavidade e refinamento de quando deixou a fábrica de Kyushu, em 2005. A maioria dos sistemas híbridos concorrentes baseiam-se em transmissões diretas de múltiplas velocidades ou transmissões automáticas, envolvendo várias embraiagens e elementos que estão sujeitos a desgaste. O design da transmissão híbrida da Lexus, por outro lado, oferece um sistema que, juntamente com a revisão geral, garante que a experiência de condução premium se perpetue por toda a vida útil do automóvel
“Afirmar que o RX 400h está ‘como novo’ pode parecer cliché, mas a fiabilidade deste automóvel é uma prova do desempenho inabalável do sistema de transmissão híbrido Lexus, mesmo depois de tantos quilómetros. É importante reforçar que, como o UX 250h utiliza a mesma arquitetura base de transmissão do RX 400h – embora recorrendo a uma caixa híbrida amplamente aprimorada, com motores elétricos mais compactos e engrenagem direta, para uma direção mais envolvente – podemos esperar que nosso mais recente crossover urbano apresente níveis de liderança de QDF (qualidade, durabilidade e fiabilidade) semelhantes na sua classe”, explica Raf Schuermans.
UX 250h: Lexus Self-Charging Hybrid de 4ª geração
Mudando para o UX 250h: deu-se uma revolução silenciosa sob o capot dos híbridos Lexus desde o RX 400h. Deixou de ser uma tecnologia reservada aos modelos caros. Os híbridos Lexus Self-Charging de 4ª geração, como o UX 250h e o ES 300h, oferecem uma maior economia de combustível e menores emissões, enquanto permitem percorrer distâncias muito maiores no modo EV (totalmente elétrico). Ao mesmo tempo, a potência geral, a capacidade de resposta e a qualidade da condução foram elevadas a um nível mais alto.
Este progresso contínuo foi alcançado porque os engenheiros da Lexus se concentraram no desenvolvimento de componentes cada vez mais compactas e refinadas, que permitem um melhor desempenho. Na verdade, nos últimos 25 anos, a Lexus e a Toyota registaram mais de 24.000 patentes para híbridos com carregamento automático e tecnologia EV - mais do que qualquer outro fabricante. Marcando a sua liderança, em 2018, a Toyota Motor Corp. anunciou que permitiria livre acesso de royalties às suas patentes para veículos híbridos e outros que recorram a tecnologia de eletrificação.
Podemos encontrar muitas destas inovações no novo UX 250h testado em Zaventem:
Eficiência do motor a gasolina de classe mundial
Embora o potente motor V6 a gasolina de 3,3 litros do RX 400h fosse inovador na época, o motor de 2,0 litros totalmente novo do UX 250h incorpora inovações de engenharia, incluindo tecnologia de combustão rápida, o que o torna o motor mais eficiente termicamente do qualquer veículo em produção. Antes de serem realizados mais de 10 milhões de quilómetros de testes em estrada, foram projetados cerca de sessenta protótipos diferentes, para avaliar as novas tecnologias
Tecnologia de bateria de 4ª geração
Tal como o RX 400h, o UX 250h usa a tecnologia comprovada de hidretos metálicos de níquel (NiMH) da marca de luxo, mas numa forma mais avançada. O número de células foi aumentado, reforçando a alta potência e o uso mais proativo da bateria, e o tamanho da bateria foi reduzido através da otimização do layout interno e adoção de um sistema de refrigeração mais compacto.
Baterias mais compactas, mais leves e extremamente fiáveis
A Lexus utiliza a tecnologia de bateria de hidretos metálicos de níquel (NiMH) para alimentar a maioria de seus 1,7 milhões de híbridos. Esta tecnologia é extremamente fiável, provavelmente durará mais do que o automóvel, e pode ser reciclada mais facilmente do que outros materiais de bateria. As melhorias contínuas "Kaizen" nos últimos 25 anos significam que esta tecnologia de bateria económica reduziu o peso em até 50% e o tamanho em 60%.
Reorganização da Caixa híbrida
Enquanto o RX 400h introduziu uma transmissão híbrida que controla as fontes de energia elétrica e mecânica, para o novo UX 250h, cada elemento foi examinado para perceber como se poderia tornar a unidade de 4ª geração menor e mais leve. Um novo arranjo de múltiplos eixos de Motor/Gerador1 (geração de energia) e Motor/Gerador2 (condução) resultou num design mais compacto e mais leve. As perdas por atrito foram reduzidas em cerca de 25% com a alteração para uma engrenagem de eixo paralelo mais simples. Enquanto as dimensões compactas da nova transmissão contribuem para o ângulo de viragem líder da classe do UX 250h, um novo sistema para devolver o óleo de refrigeração melhora a suavidade e a fiabilidade.
Unidade de Controlo de Potência (PCU) mais eficiente
Bastante menor e mais leve do que a do RX 400h original, a nova PCU do UX 250h é montada imediatamente acima da caixa híbrida, assegurando a compactação e a redução de peso de todo o sistema híbrido e fornecendo mais espaço dentro do compartimento do motor. Finalmente, uma placa de circuitos integrados nova e menor apresenta eficiência de refrigeração de dupla face, enquanto otimiza a saída e reduz os níveis de ruído.
Mais de 50% do tempo no modo zero emissões
Conduzido na maior parte do tempo por áreas urbanas movimentadas, o UX 250h eleva os benefícios da tecnologia híbrida da Lexus a um novo nível. Testes recentes na Bélgica mostram que em 57% do tempo o UX 250h é movido com o motor a gasolina desligado, com quase 45% da potência do carro proveniente do motor elétrico e 34% da potência utilizada para mover as rodas produzidas simplesmente pelo ato de travar ou desacelerar.
Sistema compacto E-FOUR AWD
Perante uma tendência de condução de crossovers urbanos para uma condução fora-de-estrada, o UX 250h AWD apresenta um motor elétrico traseiro muito menor e mais compacto do que a unidade relativamente espaçosa de 50 kW do RX 400h. O sistema de tração nas quatro rodas E-FOUR do UX 250h recorre a um motor gerador de alto binário dedicado e separado, integrado no diferencial traseiro. A distribuição de força entre os eixos dianteiro e traseiro é automaticamente otimizada entre 100:0 e 20:80 pelo sistema de Controlo de Estabilidade do Veículo (VSC) ao acelerar, curvar ou conduzir em superfícies escorregadias.
3. DESIGN EXTERIOR
Muito mudou na Lexus desde que o RX 400h foi revelado, principalmente a sua abordagem ao design. Um tributo às capacidades dos artesãos da fábrica de Kyushu, no Japão - uma fábrica especialmente criada para construir os modelos híbridos da marca de luxo. Naquela época, os primeiros híbridos Lexus apresentavam jantes específicas para os híbridos, como a grelha dianteira, faróis de nevoeiro e faróis traseiros transparentes
"Enquanto o formato icónico do RX 400h exibe elegância e classe, ao seu lado, o UX 250h parece muito mais dinâmico, com as suas linhas esculpidas e a ousada grelha de assinatura Lexus. Do ponto de vista do desempenho, gosto de seus inúmeros refinamentos aerodinâmicos e da posição de condução baixa para uma experiência mais envolvente”, comenta Herwig Daenens
Estacionado ao lado de seu pioneiro companheiro, o mais recente UX 250h exibe um design mais ousado e uma postura muito mais atlética, acentuada pela carroceria esculpida, pela grelha de assinatura Lexus e pelos faróis de LED triplo com motivo L. Na parte traseira, encontramos uma luz combinada de uma peça que não é apenas atraente, mas também aerodinamicamente eficiente. As abas estão integradas na iluminação para reduzir a turbulência, melhorando a estabilidade traseira durante as curvas, bem como em caso de ventos laterais. O modelo Lexus mais vendido na Europa, o crossover UX 250h tornou o Lexus Self-Charging Hybrid disponível para um número muito maior de clientes.
4. DESIGN INTERIOR E TECNOLOGIA
Quando sentados ao volante, o RX 400h é espaçoso e ainda exala uma sensação inegável de luxo e requinte de SUV. Pele, tablier e todos os instrumentos estão bem estimados e ainda parecem "saídos da fábrica". A lista de equipamentos do RX 400h também é impressionante, com tecnologias como controlo de temperatura de várias zonas, áudio premium Mark Levinson® com 11 colunas e faróis de alta intensidade (HID) que não pareceriam descabidos em qualquer especificação de luxo de hoje.
“Por dentro, o RX 400h oferece espaço e requinte, e parece muito atual, mesmo após 15 anos de uso diário. Curiosamente, o interior do UX 250h contém muitas das características de design que desenvolvemos para o super-automóvel Lexus LFA, em 2010. Elementos como a cabine e os instrumentos voltados para o condutor, bancos em pele que envolvem a silhueta e volante inspirado em LFA, tudo me fez ter vontade de conduzir”, continuou Herwig Daenens.
Mais do que qualquer outra coisa, é o avanço da tecnologia de comunicação dentro do automóvel que se destaca. Anteriormente reservados para os modelos de topo, atualmente, os proprietários do UX 250h desfrutam de inovações como um ecrã multimédia de 10,3 polegadas com, Head-Up Display de grandes dimensões e sistema de som Mark Levinson® Premium Surround de 13 colunas. Talvez o mais importante, se o RX 400h foi o primeiro SUV a beneficiar do Vehicle Dynamics Integrated Management (VDIM), o novo UX 250h vem com o pioneiro Lexus Safety System + que inclui um Sistema de Pré-Colisão, agora com deteção de peões dia/noite e deteção de ciclistas durante o dia.
Mais sobre o UX 250h em: https://www.lexus.pt/car-models/ux/