2017 lexus kineticSeat hero01

O PROTÓTIPO DO BANCO CINÉTICO

Sente-se confortável no seu lugar? É que o design e a construção do Protótipo do Banco Cinético Lexus parecem destinados a redefinir os princípios básicos dos bancos dos automóveis do futuro. Até mesmo a fibra utilizada na conceção deste banco é verdadeiramente revolucionária: quatro vezes mais forte do que o aço mas, no entanto, ainda mais flexível do que o nylon. O Protótipo do Banco Cinético foi revelado no Salão Automóvel de Paris de 2016.

CONCEBIDO PARA SE MOVIMENTAR, CRIADO PARA PROPORCIONAR CONFORTO

No corpo humano, a coluna ajuda a estabilizar a cabeça, permitindo que a pélvis e o peito rodem em direções opostas e minimizem o movimento da cabeça, mesmo enquanto caminhamos ou corremos.

A fim de recriar esse movimento nos bancos dos automóveis, os assentos e os encostos dos bancos foram concebidos para reagir cineticamente tanto ao peso do ocupante como ao movimento do veículo. O simples ato de se sentar no banco reduz o movimento da cabeça e estabiliza o campo de visão do ocupante.

O estofo da estrutura do banco apresenta um padrão em teia-de-aranha, que irradia a partir do centro. A rede ajusta-se perfeitamente à forma do corpo, dispersando uniformemente o peso, para que o condutor, ou o passageiro, se possam sentar confortavelmente durante mais tempo.

AMORTECIMENTO SUPERIOR

O centro do encosto encontra-se à altura da omoplata, induzindo o movimento rotativo do peito em torno do eixo central do assento. Mais uma vez, isto ajuda a estabilizar a cabeça, garantindo um nível superior de apoio. Além disso, este banco é mais fino, o que torna o automóvel bastante mais leve.

As linhas que compõem o padrão em teia-de-aranha são feitas a partir de uma fibra sintética, designada por Qmonos™, uma derivação da palavra japonesa "kumonosu", que significa "teia-de-aranha". O componente principal deste material é a proteína, criada através da fermentação microbiana. A fibra Qmonos™ é tão forte que uma rede com 1cm de diâmetro seria suficientemente forte para parar um avião jumbo durante a descolagem ou a aterragem.

Next steps